quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Quijingue: TCM rejeita contas da Prefeitura, mas Prefeito Almirinho poderá disputar a reeleição em 2016

As contas da maioria das Prefeituras do Estado da Bahia estão sendo rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios.

As contas da gestão municipal de Quijingue, relativas ao ano de 2014, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios.

De acordo com o Tribunal de Contas, a Prefeitura de Quijingue superou o índice de pessoal legalmente aceitável.

Segundo o Tribunal, o Prefeito Almirinho deu emprego a uma quantidade de pessoas acima do que a lei fiscal permite.

De acordo com sua Assessoria Contábil, o Prefeito Almirinho preferiu correr o risco da rejeição das contas do que ter que demitir os pais e mães de famílias que necessitam do emprego para seu próprio sustento.

Da decisão do Tribunal cabe recurso. Ou seja, a decisão do TCM poderá ser revertida.

O Setor Jurídico da Prefeitura de Quijingue entrará com recurso no TCM.

Os Advogados da Prefeitura também esclarecem que a superação do índice de pessoal não configura inelegibilidade.

Ou seja, o Prefeito Almirinho poderá ser candidato à reeleição em 2016.

Portanto, os boatos divulgados por alguns setores da oposição de que o Prefeito Almirinho não pode ser candidato à reeleição devido à decisão do TCM não passam de boatos e mentiras.

Dentre algumas das cidades da nossa região que tiveram as contas rejeitadas pelo TCM estão Cansanção e Monte Santo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário