sábado, 20 de junho de 2015

Quijingue é contemplado com 10 reservatórios de água e é destaque no Portal do Ministério do Desenvolvimento Social

Quijingue é destaque no Portal do Ministério do Desenvolvimento Social pelo Projeto Cisternas nas Escolas. Quijingue é contemplado com 10 reservatórios de água nas comunidades do município.

Cisternas nas Escolas: comunidade aprende sobre gestão da água no interior da Bahia

Pais, merendeiras e outros funcionários de escolas públicas rurais participam de encontro em Quijingue (BA). Ação é uma das primeiras no processo de construção de 1.150 cisternas escolares no estado. Em todo o Semiárido, serão 5 mil unidades entregues até 2016.

O projeto Cisternas nas Escolas, parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e a Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA), vai construir 10 reservatórios de água em comunidades de Quijingue (BA), município a 322 quilômetros de Salvador, com mais de 70% da sua população vivendo no meio rural. Mas antes da construção das cisternas escolares, as comunidades vão aprender a fazer a gestão da água armazenada, além de receberem noções de segurança alimentar e nutricional e de temas de convivência com o Semiárido para a educação infantil.

Pais, merendeiras e outros funcionários das escolas públicas rurais participam até esta terça-feira (2) de capacitação sobre gestão da água no ambiente estudantil. O encontro é um dos primeiros passos no processo para a entrega das 1.150 cisternas escolares na Bahia. Em todo o Semiárido, 5 mil unidades serão entregues até 2016.

Além de ser fundamental para captação da água da chuva em regiões que convivem com a seca, a construção das cisternas em escolas do Semiárido é um importante apoio na ampliação do acesso à água nas comunidades, como nas ações dos carros-pipas, que passam a contar com esta tecnologia social também para o atendimento das famílias da região.

A técnica em educação do Movimento de Organização Comunitária (MOC), ligado à ASA, Bernadete Carneiro, explica que, com a ação, pais e funcionários das escolas terão mais cuidado com a água.

A parceria entre o MDS e a ASA vai construir 5 mil cisternas para captação de água da chuva em escolas públicas rurais do Semiárido até 2016. O repasse do ministério para a ação é de R$ 69 milhões.

do MDS

Nenhum comentário:

Postar um comentário