quarta-feira, 27 de maio de 2015

O Fogo Maceté: 122 anos de história

O Povoado de Maceté, pertencente ao município de Quijingue, celebrou no último final de semana o “Fogo de Maceté”, evento cultural que resgata os 122 anos da passagem do beato Antônio Conselheiro na região, acontecimento registrado na literatura brasileira e na memória do povo quijinguense.

O Fogo de Maceté, ou Fogo do Viana, como também é conhecido, já se consolidou como um importante ‘movimento cultural’ do município e cresce a cada ano, sempre fomentando a pesquisa, o debate e a reflexão sobre os fatos históricos e a identidade local.

Este ano foram três dias de programação, iniciando sexta-feira, dia 22, com uma pequena solenidade e composição de mesa com a participação de educadores e autoridades locais. Visitação do local do combate entre conselheiristas e as forças policiais do governo; apresentações de reisado; teatro com a Companhia Teatral de Canudos e dos grupos locais também estavam entre as atrações. No domingo, realizou-se a Cavalgada e o Show do artista Rodrigo Ribeiro, que encerraram o evento.

Em sua 4ª edição, o evento foi realizado pela Prefeitura de Quijingue em parceria com o Coletivo de Jovens de Maceté. Idealizado pelo jovem da localidade, Bruno Dias, conhecido como Bruno Maceté, e pelo Coletivo de Jovens de Maceté. Só a partir de 2013 o evento ganhou a sua devida importância e passou a contar com o apoio da Prefeitura Municipal, no Governo da Reconstrução, integrando-se ao calendário municipal de eventos do município.




Nenhum comentário:

Postar um comentário