terça-feira, 10 de julho de 2012

Nordestina: Livro sobre o cangaço será lançado no próximo dia 20

A Prefeitura Municipal de Nordestina-BA, via Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, promoverá o lançamento do livro LAMPIÃO CONTRA O MATA SETE, escrito pelo pesquisador Archimedes Marques. O autor é delegado de Polícia e um estudioso da temática do livro. 

O Dr. Archimedes Marques, gentilmente, colocou-se à disposição deste município para o lançamento da obra que vem sendo elogiada por diversos segmentos. 

O evento será realizado no dia 20 próximo, a partir das 19:00 horas, no auditório da Câmara Municipal. Autor: Ruy Guilherme Cardoso Matos – Titular da pasta de Cultura. Esporte, Lazer e Turismo. 

Fonte: http://www.nordestina.ba.gov.br

8 comentários:

  1. Prof. Laecio Andrade F. Silva10 de julho de 2012 23:21

    Muito bom!

    Parabéns aos organizadores deste evento em Nordestina, em especial, ao amigo Pastor Ruy Cardoso.

    Parabéns quijingue.com pela contribuição na divulgação de aspectos da nossa cultura.

    ResponderExcluir
  2. venha cá Lampinho era gay ?

    ResponderExcluir
  3. cadê a valorização da cultura do povo de Quijingue?

    ResponderExcluir
  4. O povo de quijingue desconhece o que é cultura

    ResponderExcluir
  5. Será que o povo desconhece ou falta apoio e incentivo por parte do poder público municipal. Este sim, tem essa OBRIGAÇÃO!

    ResponderExcluir
  6. vc queria ser maria bonita? rs

    ResponderExcluir
  7. veja, meus irmãos de Quijingue, mais precisamente do povoado de Queimadas dos Crentes, como é que pode um povoado tão grande com duas escolas e nenhuma funcionando, salvo engano só a noite com o programa do governo do estado TOPA, as crianças tem que ir para o Tatu ou para Euclides da Cunha, isso é caso de policia e de Ministerio Publico, e ainda existem uma senhora que se diz evangelica (EVANGELICA?) candidata a vereadora representando a Igreja, apresentada pelo prefeito ficha suja, em que mundo estamos, discutir o quer mais,

    ResponderExcluir
  8. quem gosta de cultura não fecha duas escolas no povoado tão grande como Queimadas dos Crentes.

    ResponderExcluir