segunda-feira, 9 de julho de 2012

Dom Quixote – A Saga do Herói Sem Fim circula por quatro municípios do Sertão da Bahia


Com direção de Cleilton Silva, o premiado espetáculo Dom Quixote – A Saga do Herói Sem Fim é encenado por 19 crianças e adolescentes participantes do projeto de intervenção teatral para escolas da rede pública do município de Quijingue, o Teatro Para Todos (TPT). Contemplado pela 1ª Chamada do Calendário das Artes 2012, da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), a montagem circula por quatro municípios do Sertão da Bahia nos finais de semana de julho – Feira de Santana (6 e 7/7), Conceição do Coité (13 e 14/7), Euclides da Cunha (20 e 21/7) e Quijingue (27 e 28/7) –, em apresentações sempre às 19 horas, com ingresso a R$ 3. O projeto também realiza oficina gratuita de teatro para crianças e adolescentes nos municípios visitados, nas mesmas datas, a partir das 8 horas da manhã.
A peça conta a história de Dom Quixote, um engenhoso fidalgo viciado em livros de cavalaria que vende as suas terras para comprá-los e, depois disso, decide investir contra as injustiças do mundo como cavaleiro andante. De imaginação fantasiosa e patética, Dom Quixote pensa enfrentar monstros grandiosos quando, na verdade, são moinhos de vento. Ele é auxiliado por seu vizinho e rude lavrador Sancho, que nada entende de cavalaria andante, mas que aceita seguir o alucinado na crença de se tornar governador de uma ilha.
A montagem, além de ter ficado em cartaz em maio de 2010, em Quijingue, já percorreu outras cidades do estado, tendo sido, no mesmo ano, vencedora do Fórum Intermunicipal de Teatro Amador da Bahia (FITA), em Juazeiro. Também levou todas as estatuetas do prêmio na modalidade infantil: espetáculo, ator, atriz e direção. (Clique em "Leia Mais" para continuar lendo)

Sobre o Calendário das Artes – Mecanismo de incentivo a projetos artísticos e culturais de pequeno porte na Bahia, o Calendário das Artes é promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), com o objetivo de estimular o desenvolvimento das artes no estado. Concedendo prêmios de até R$ 13 mil, o edital abrange as áreas de Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas. São priorizadas propostas oriundas e/ou realizadas em benefício de populações com menor acesso a produtos culturais e que privilegiam a diversidade cultural.

Feito de forma calendarizada, com a finalidade de organizar as solicitações e a distribuição de recursos ao longo do ano, o Calendário das Artes se fundamenta na acessibilidade e ampliação do investimento na produção artística de toda a Bahia, considerando sua grande diversidade e dimensões territoriais. Neste sentido, o edital inclui premissas que buscam abarcar propostas de todas as regiões do estado em quantidade igualitária: a avaliação dos projetos é feita de forma territorializada e os inscritos de cada Macroterritório da Bahia concorrem apenas entre si. As comissões de seleção são também específicas e formadas, além de membros do Estado, por representantes locais e de diferentes origens dentro do estado, escolhidos através de consulta a entidades artísticas e culturais das diferentes regiões.

 Com aporte financeiro total de R$ 546 mil, a 1ª Chamada do ano de 2012, que teve inscrições de 17 de fevereiro a 2 de abril, se voltava a apoiar projetos com data inicial de realização entre os dias 1º de junho e 31 de agosto deste ano. Foi registrado um número bastante expressivo de inscritos: 1.071 propostas oriundas de todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia, das quais 43 foram selecionadas, abrangendo 34 cidades baianas e alcançando 25 dos 27 Territórios. Serão oito projetos de Teatro, sete de Artes Integradas, sete de Música, seis de Artes Visuais, cinco de Dança, cinco de Literatura, quatro de Audiovisual e um de Circo iniciando suas ações nestes meses.
Já a 2ª Chamada, com novo aporte de R$ 546 mil, tem inscrições até 9 de julho e vai apoiar propostas que sejam iniciadas de 1º de outubro a 31 de dezembro. Serão no mínimo 42 projetos contemplados, com previsão de que sejam pelo menos sete propostas premiadas de cada um dos seis Macroterritórios da Bahia.

 O Calendário das Artes foi concebido através de um processo de diálogo com a sociedade civil e requalifica o Calendário de Apoio a Projetos Culturais, que foi realizado entre 2008 e 2011. No ano passado, o Calendário de Apoio distribuiu R$ 563 mil para 64 projetos selecionados dentre 650 inscritos. Já o Calendário das Artes, somando as suas duas Chamadas de 2012, vem disponibilizar mais de R$ 1 milhão para a execução de mais de 80 projetos. Mais informações em www.fundacaocultural.ba.gov.br/calendariodasartes.

Dom Quixote – A Saga do Herói Sem Fim
Espetáculo e oficina gratuita de teatro para crianças e adolescentes

= Feira de Santana
Onde: Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA)
Quando: 6 e 7 de julho (sexta e sábado)

= Conceição do Coité
Onde: Centro Cultural Ana Rios
Quando: 13 e 14 de julho (sexta e sábado)

= Euclides da Cunha
Onde: Auditório do Educandário Oliveira Brito
Quando: 20 e 21 de julho (sexta e sábado)

= Quijingue
Onde: Auditório CEAQ
Quando: 27 e 28 de julho (sexta e sábado)

Horários e valores:
Oficina: 8 horas – grátis
Espetáculo: 19 horas – R$ 3
Informações: 75 9851-5794
Realização: Cleilton Silva
Apoio: FUNCEB/ SecultBA

Fonte: Funceb.

3 comentários:

  1. Prof. Laecio Andrade F. Silva9 de julho de 2012 22:40

    Parabéns meninos (as)...

    ResponderExcluir
  2. ACOMPANHEI OS DOIS DIAS EM FEIRA DE SANTANA, UM BOM PUBLICO PRESENTE E DOIS EXCELENTES ESPETÁCULOS !

    PARABÉNS A TODOS.

    ResponderExcluir
  3. Parabbéns meninos...é um lindoooo espetáculo!

    ResponderExcluir