sexta-feira, 27 de março de 2015

Quijingue: Garantia Safra

A Secretaria de Agricultura de Quijingue comunica que a Superintendência de Agricultura Familiar informou que o pagamento aos beneficiários do Garantia Safra referente a 2014 estará sendo realizado a partir do dia 15 de Abril.

Informou também que os boletos para pagamento referente à Safra de 2015 estarão sendo emitidos ainda este mês.

Tão logo tendo informação sobre a data, a Secretaria comunicará a todos.

Qualquer dúvida em relação a este comunicado dirija-se à sede da Secretaria de Agricultura ou ao Sindicado dos Trabalhadores Rurais de Quijingue.


via decom

Convite

quarta-feira, 25 de março de 2015

Quijingue: moradores de Algodões voltam a bloquear a BA-381 na luta pelo Projeto das 100 Casas de Algodões

a luta continua...

 

Moradores do distrito de Algodões voltaram a bloquear a BA-381 na manhã desta quarta-feira (25/03).

Os moradores reivindicam a votação do Projeto das 100 casas de Algodões do Programa Minha Casa Minha Vida que está pendente de votação pelos vereadores de Quijingue.

Desde às 6 horas da manhã a BA-381 na altura da via de acesso à BR-116 está bloqueada por chamas oriundas da queima de pneus e matos.



Empunhando cartazes, dentre os manifestantes estão algumas famílias cadastradas no Programa Minha Casa Minha Vida que lutam há semanas para que o Presidente da Câmara, o vereador Washington Gois, coloque o Projeto das casas em votação.




Durante a manifestação se formou uma fila de veículos e o ônibus da viação Santana que transporta passageiros de Quijingue a Salvador ficou preso no bloqueio.




Quijingue: Prefeitura anuncia Copa Rural de Futebol de Campo

A Secretaria Municipal de Esportes de Quijingue anuncia o início das Preparatórias para a  Copa Rural de Futebol de Campo. As Preparatórias  para a Copa Rural terão início no próximo sábado, dia 28.

Os jogos de sábado (28/03) e domingo (29/03) serão:

Sábado, dia 28, às 13:30, jogarão os times Boa Vista e União Central, e às 15:30 jogarão os times Lagoa da Ema e Batalhas. Esses jogos serão realizados no estádio municipal da Sede, em Quijingue.

No mesmo Sábado, dia 28, às 15:30, jogarão os times do Capim Grosso e Pau de Rato, no campo do distrito de Algodões.

Domingo, dia 29, às 13:30, jogarão os times Casabú e Tabua. E às 15:30, jogarão os times Terra Branca e Baraúnas. Esses jogos serão realizados no campo do distrito de Algodões.

No mesmo domingo, dia 29, às 15:30, jogarão os times Botafogo Terra Nova e Serrote do Meio, no estádio de Quijingue.

Entrada gratuita.

Organização e realização: Secretaria Municipal de Esportes. Secretário de Esportes: Barbosa Júnior. Coordenador de Esportes: Almir Terra Branca. Apoio: Liga Desportiva Quijinguense

via Decom


terça-feira, 24 de março de 2015

Quijingue: Sem Sessão da Câmara de Vereadores, Projeto das Casas de Algodões segue sem votação

Hoje (24/03) não houve Sessão na Câmara de Vereadores de Quijingue.

O Presidente da Câmara, vereador Washington Gois, não compareceu.

Também faltaram os vereadores Expedito, Romerinho, Ivani, Clóvis e Vando. O vereador Vando apresentou atestado médico.

Havia grande expectativa de que na Sessão de hoje fosse votado o Projeto das 100 Casas do distrito de Algodões.

Em entrevista à rádio Quijingue FM, na semana passada, o Presidente Washington afirmou que colocaria o Projeto das Casas de Algodões em votação na próxima Sessão Legislativa, o que se criou a expectativa de que seria hoje (24/03), pois as Sessões da Câmara são realizadas geralmente às Terças-Feiras.

Compareceram hoje à Câmara os vereadores: Reginaldo, Célia, Antônio Brito, Zé do Pife, Edilson.

Moradores de Algodões e representantes da Comissão das Famílias cadastradas no Programa compareceram, entretanto a Câmara permaneceu fechada e os populares aguardaram em frente à Câmara por mais de uma hora e meia a abertura da Casa e a presença dos vereadores para o início da Sessão, mas a Sessão não aconteceu.

Em entrevista, a representante da Comissão das Famílias de Algodões se demonstrou muito indignada com a ausência dos vereadores e, principalmente, com o não comparecimento do Presidente da Casa, vereador Washington Gois.

Diante da situação, a representante da Comissão das Famílias tentou entrar em contato várias vezes com Washington, via telefone celular, porém a ligação dava caixa-postal.

Os algodoenses que compareceram para a Sessão mais uma vez saíram decepcionados com os vereadores da oposição e principalmente com o Presidente da Câmara.

O sonho da casa própria para essas famílias está sendo uma luta árdua diante dessa aparente insensibilidade daquele que deveria apoiar e agilizar os direitos e as conquistas do povo.

Esse cenário de não correspondência aos anseios do povo leva à precisa necessidade de renovação de alguns quadros da Câmara de Vereadores de Quijingue pelo voto popular nas próximas eleições.

Para saber mais sobre a luta do povo pelas 100 casas do Programa Minha Casa Minha Vida para o distrito de Algodões Clique Aqui e Aqui e Aqui e Aqui e Aqui e Aqui e Aqui

Famílias de Algodões lutam pelo sonho da Casa Própria

sexta-feira, 20 de março de 2015

Quijingue: vereador Reginaldo (PT) aciona Justiça para a votação do Projeto das casas de Algodões

O líder do Governo na Câmara de Vereadores de Quijingue, vereador Reginaldo (PT), entrou com Mandado de Segurança na Justiça para que esta obrigue o Presidente da Câmara, Washington Gois, a colocar o Projeto das 100 casas de Algodões em votação na próxima Sessão.

O Mandado de Segurança é um instrumento judicial que visa a assegurar direito líquido e certo que esteja sendo ameaçado por autoridade pública no exercício de atribuições do Poder Público.


Com o deferimento do Mandado de Segurança, o Presidente da Câmara será legalmente obrigado a colocar o Projeto em votação.


Segundo o vereador Reginaldo (PT), o prazo de 45 dias, exigidos pela lei orgânica, já venceu, cabendo, portanto, o Mandado de Segurança para garantir o direito à votação do Projeto.

De acordo com o vereador, o MS foi baseado no artigo 34 da lei orgânica, que diz:

Art. 34. O Prefeito poderá solicitar urgência para apreciação dos projetos de sua iniciativa. ...
1. Solicitada a urgência, a Câmara deverá se manifestar em até 45 dias sobre a proposição, contados da data em que foi feita a solicitação.
2.Esgotado o prazo previsto no parágrafo anterior, sem deliberação pela Câmara, será a proposta incluída na Ordem do Dia, sobrestando-se as demais proposições para que se ultime à votação.

O Projeto das Casas foi protocolado dia 16 de dezembro em caráter de urgência, segundo o vereador. Portanto, passados já mais de 90 dias, descontando o período do recesso já se contam mais de 45 dias sem a votação, contrariando o artigo 34 da lei orgânica, fundamentando, assim, a necessidade do Mandado de Segurança.

Número do Protocolo do MS: 0500091-56.2015.8.05.0078

As famílias continuam esperando a aprovação do projeto pelos Vereadores e confirmaram presença na próxima Sessão da Câmara no intuito de acompanhar a votação desse que é um dos maiores projetos de Quijingue e que beneficiará 100 famílias no distrito de Algodões.




Quijingue: Presidente da Câmara, Washington Gois, anuncia que o Projeto das casas de Algodões será votado na próxima Sessão Legislativa

O Presidente da Câmara de Vereadores, Washington Gois, em entrevista nesta manhã à rádio Quijingue FM, anunciou que colocará o Projeto das casas de Algodões em votação na próxima Sessão da Câmara, pois os trâmites legais já foram cumpridos e está tudo normalizado para a votação.

A próxima Sessão será terça-feira, 24/03.

Washington também falou sobre a instalação de uma CPI para investigar supostas irregularidades na contratação de uma empresa pela Prefeitura.

Na última Sessão (17/03), o Presidente da Câmara havia dado início à instalação da CPI, indicando os nomes dos Vereadores que comporão a Comissão Parlamentar de Inquérito.


quarta-feira, 18 de março de 2015

Quijingue: população ocupa câmara de vereadores e exige aprovação de Projeto

Vereadores precisaram de escolta policial para deixar o local


Moradores do distrito de Algodões, no município de Quijingue-Bahia, à 333km de Salvador, ocuparam a câmara de vereadores da cidade durante sessão na tarde desta terça-feira (17). Os manifestantes exigiam a aprovação de uma Lei Autorizativa para doação de um terreno no município, para a construção de 100 casas do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) do Governo Federal.

O município de Quijingue foi contemplado com projeto de moradia que prevê a construção de 100 casas em Algodões, completas com rede de esgoto e pavimentação, pelo programa MCMV. Ano passado, apenas 6 cidades na Bahia foram contempladas com este projeto, restando ao município de Quijingue apenas realizar a doação do terreno como contrapartida do programa. O poder executivo municipal enviou em dezembro de 2014 projeto da Lei Autorizativa para doação de terreno onde seriam construídas as casas mas, até então, o projeto enfrenta resistência dentro da casa legislativa que é presidida pelo vereador Washington Góis (PRB), que faz oposição ao atual prefeito.



Com a alegação da necessidade de se averiguar com cautela o projeto enviado em caráter de urgência pelo gestor municipal e confirmar a idoneidade da empresa responsável pela construção das casas, os vereadores de oposição emperraram a tramitação do projeto por quase 3 meses, deixando transparecer motivações políticas no travamento da pauta, pondo em risco a implantação deste programa que beneficiará 100 famílias na localidade.


Centenas de pessoas compareceram à sessão desta terça para apoiar as famílias beneficiadas pelo programa, lotando a câmara de vereadores. A Polícia Militar foi chamada para conter os excessos, mas o clima esquentou mesmo quando o presidente da casa, vereador Washington, informou que somente tinha lido o projeto naquele momento e que não poderia colocar em votação pois o mesmo precisaria ser submetido às comissões da casa. O vereador Líder do governo, Reginaldo Cavalcante (PT), criticou o presidente afirmando que o projeto tinha sido encaminhado pelo prefeito Almiro Costa Abreu Filho (Almirinho) em dezembro de 2014, portanto, segundo o edil, houve tempo mais que suficiente para apreciação do projeto pela casa legislativa.


Desconfiados de que poderia se tratar de uma possível manobra da oposição para protelar ainda mais a votação, os manifestantes que estavam do lado de fora da Câmara se revoltaram e entraram com apitaços, faixas e cartazes, gritando: “queremos nossas casas!”. Neste momento o vereador Washington anunciou suspensão da sessão por 15 minutos e a situação só piorou. Após alguns instantes o vereador retornou e conseguiu irritar ainda mais os manifestantes quando anunciou que a sessão estava encerrada.

A população se juntou em frente a Câmara Municipal e a PM precisou solicitar reforço policial do município vizinho de Euclides da Cunha para escoltar os vereadores da bancada de oposição. Na saída, quando se dirigia para o veículo da Polícia Militar o vereador Washington foi atingido por alguns ovos arremessados da multidão.

Os moradores de Algodões confirmaram presença na próxima Sessão da Câmara, prevista para terça-feira (24/03).

<< Veja mais fotos clicando em "mais informações"

terça-feira, 17 de março de 2015

Quijingue: Em sessão histórica, vereador Washington deixa a Câmara em viatura da Polícia Militar

Na Sessão da Câmara de Vereadores de hoje (17/03) mais uma vez o Presidente da Câmara, Washington, não colocou o projeto das casas de Algodões em votação.

Em Sessão histórica, com o plenário lotado pelo povo, o Presidente Washington deixou a Câmara em uma viatura da Polícia Militar. Washington recebeu ovadas quando estava se dirigindo à viatura da PM.

Outros vereadores também foram escoltados pela Polícia.

Logo traremos mais notícias, assim como fotos e vídeos.

A luta pelo projeto das 100 casas de Algodões, do programa Minha Casa Minha Vida, continua.

Os moradores de Algodões confirmaram presença na próxima Sessão da Câmara, terça-feira (24/03).

segunda-feira, 16 de março de 2015

Quijingue: moradores de Algodões bloqueiam BA-381 em defesa do projeto de construção de 100 casas na comunidade

Manifestantes querem que Câmara de Vereadores do município votem a doação de terreno para a construção de 100 casas do Minha Casa Minha Vida.


Um grupo de moradores de Algodões, distrito de Quijingue-BA, bloqueou no início da tarde desta segunda-feira (16) os dois sentidos da BA 381, entre o distrito e a Sede de Quijingue. Segundo os manifestantes a intenção do protesto é chamar atenção de todos e denunciar a morosidade da Câmara de Vereadores local em votar a Lei Autorizativa de terreno para a construção de 100 casas do programa Minha Casa Minha Vida, que irá beneficiar 100 famílias na comunidade. A comissão popular das famílias de Algodões reclama que o Presidente da Câmara de vereadores, ver. Washington Góis, insiste em não colocar o projeto em votação por motivação política. 



Os moradores bloquearam a estrada em dois pontos, usando barricadas de fogo, o que causou grande congestionamento de veículos, formados em sua maioria por pessoas que voltavam da Feira Livre de Quijingue. A PM foi chamada e acompanhou de perto o protesto, que encerrou no final da tarde.


Outro grupo de moradores prometem acampar na frente da Câmara de Vereadores até que o presidente da casa, o vereador Washington Góis, coloque o projeto em votação. 



Quijingue foi contemplado pelo programa do governo federal Minha Casa Minha Vida para a construção de 100 Casas no distrito de Algodões. A Prefeitura de Quijingue, como contrapartida, desapropriou a área territorial para a construção das 100 casas.  A Câmara de Vereadores precisa aprovar a liberação do projeto para a construção das casas que serão a moradia das 100 famílias.



 << Veja mais fotos clicando em "mais informações"

Quijingue: Próximas licitações da Prefeitura

A Prefeitura de Quijingue realizará as seguintes licitações:

Dia 26/03: licitação para fornecimento de kits escolares para serem distribuídos aos alunos da rede municipal de ensino.

Dia 26/03: licitação para fornecimento de fardamento escolar.

Dia 26/03: licitação para aquisição de móveis, eletroeletrônicos e informática.

Dia 27/03: licitação para contratação de empresa de Engenharia para reforma de unidades escolares do município.

Dia 31/03: licitação para fornecimento de peças de reposição com serviços mecânicos para o veículo fiat ducato pertencente à frota da Secretaria Municipal de Saúde.




Quijingue, 53 anos!

Eventos culturais e esportivos marcaram as comemorações do aniversário da cidade.


No último domingo (15) a cidade de Quijingue comemorou seus 53 anos de emancipação política com uma rica programação, recheada de cultura, esporte e lazer, que durou todo o dia. 



Pela manhã, as atividades tiveram início com a tradicional alvorada e Missa na igreja matriz. Em seguida o prefeito municipal, Almiro Costa Abreu Filho, ao lado de secretários municipais e representantes do legislativo realizaram o hasteamento da bandeira. 



A programação seguiu com apresentações culturais e apresentação do grupo de capoeira Esquiva. Os visitantes também puderam circular pelos diversos estandes montados, como o da Secretaria de Educação, que homenageou o CEAQ e o saudoso Padre França (in memorian) com a exposição de fotográficas, objetos, fardas e camisetas que remontaram às várias fases vividas pela instituição e pelo nosso eterno mestre. A Secretaria de Saúde trouxe estandes com atendimentos de saúde e orientações dos profissionais do NASF. Os jovens do Coletivo Municipal de Jovens homenagearam a cidade com a exibição de um documentário gravado especialmente para o evento. O grupo de idosos do CRAS e o escultor Ezequiel também expuseram suas criações em estandes, assim como, os grupos produtivos da agricultura familiar, puderam comercializar seus produtos. 


À tarde as atividades tiveram continuidade com o desfile da cavalgada da emancipação. Centenas de cavaleiros e amazonas desfilaram pelas ruas da sede levando tradição e beleza em homenagem ao aniversário da cidade. 


Um dos pontos altos da programação foi o jogo de futebol amistoso entre a seleção máster de Quijingue e a seleção de futebol máster da Bahia, formada por ex jogadores que fizeram parte da elite do futebol brasileiro. Muito simpáticos, os atletas retribuíram o carinho recebido pelos quijinguenses com um belo espetáculo. 

Após o amistoso, a programação teve sequência com as apresentações dos alunos da escola de Monte Cruzeiro e do projeto de pífanos da comunidade de Poço da Pedra. Um bingo de uma TV, tela plana, foi sorteado gratuitamente para os participantes e mil ingressos do parque de diversões instalado na área do evento foram distribuídos gratuitamente, fazendo a alegria da criançada. 

Com a praça de eventos completamente lotada, os participantes foram convidados a cantar os parabéns para a cidade em volta do bolo que trazia o formato da bandeira do município. Durante os parabéns, fogos de artifícios explodiram no céu da cidade, produzindo um dos momentos mais emocionante do evento. 


A festa pelos 53 anos de emancipação encerrou com o lançamento do Projeto Sonora Quijingue, que trouxe a apresentação acústica dos cantores Luíza Andrade e Jefferson Santos.

<< Veja mais fotos clicando em "mais informações"


Luta popular pelas Casas de Algodões

Quijingue: vereadores continuam sem votar o Projeto das 100 casas do distrito de Algodões

Na Sessão da Câmara de Vereadores de hoje (10/03/2015), mais uma vez os vereadores não votaram o projeto da construção de 100 casas no distrito de Algodões.

O Presidente da Câmara, vereador Washington, não compareceu à sessão, assim como os vereadores Romero e Antônio Brito.

Na ausência do Presidente, a sessão foi presidida pelo Vice-Presidente, vereador Expedito, que não colocou o projeto em votação.

Com a presença de moradores do distrito de Algodões e populares quijinguenses, que lotaram o plenário da Câmara, mais uma vez os vereadores perderam a oportunidade de dar andamento a esse grande projeto que irá beneficiar 100 famílias, sendo um dos maiores projetos da história de Quijingue.

Não se sabe ao certo quais os interesses estão por trás dessa resistência em votar o projeto.

Enquanto isso a luta popular pelas residências do Minha Casa Minha Vida continua e na próxima sessão, marcada em tese para a próxima terça-feira (17/03), os moradores de Algodões, bem como as famílias beneficiadas pelo projeto e os cidadãos quijinguenses que apoiam essa luta comparecerão e voltarão a cobrar a votação dos vereadores.



As casas de Algodões e os desgastes dos vereadores

Por Fernanda Santos

Sinceramente eu não entendo o por quê de alguns vereadores não quererem votar o projeto das casas que beneficiará famílias em Algodões.

Primeiro se alegou que o projeto foi enviado à Câmara com erros, depois de corrigidos os erros, alegou-se que a Associação responsável pelas obras era irregular, então tudo foi esclarecido, a Associação possui registro na Receita Federal, existe há 19 anos, tem autorização para operar o programa Minha Casa Minha Vida, está desenvolvendo trabalhos pelo programa em 14 municípios, entre os quais o grande município de Senhor do Bonfim. Pronto.

A demora ou parcimônia de alguns vereadores em votar o projeto está passando a impressão para a sociedade de que, de fato, há outros interesses por parte deles.

Veja só, já se comentam nas ruas que os vereadores estão enrolando para votar o projeto porque estariam exigindo uma certa quantia do prefeito para que possam votá-lo, essa quantia seria a bagatela de 10 mil reais. São os comentários nas ruas e eu não quero acreditar nisso, pois isso não pode ser, seria absurdo demais.

Outra impressão que se está passando é de que alguns vereadores não querem esse projeto porque na avaliação deles a construção dessas cem casas beneficiaria politicamente a atual gestão, fortalecendo ainda mais o prefeito, ou seja, o interesse seria político. Mais uma vez não quero acreditar nisso, não pode ser, seria outra vez absurdo. Em nenhuma das alternativas se estaria pensando nas famílias, no povo, apenas se estaria pensando em interesse próprio.

O que eu vejo é que alguns vereadores estão se desgastando cada vez mais e de forma inútil.

Obrigada pelo espaço.

domingo, 15 de março de 2015

Comemoração dos 53 anos de Emancipação de Quijingue


Clique na imagem para ampliá-la.

Hoje: Seleção Master da Bahia de Futebol em Quijingue

Os ex-atletas profissionais que atuam da Seleção Baiana de Futebol Máster seguem mostrando ao torcedor do interior do estado todas as suas habilidades e alegria com a bola nos pés. E já neste domingo (15), o elenco composto por diversas estrelas que fizeram sucesso dentro das quatro linhas no Bahia, Vitória e equipes do país afora, jogará na cidade de Quijingue. O amistoso contra a seleção local, faz parte das comemorações dos 53 anos da cidade.
 
 Com o objetivo de fomentar o futebol da região por onde passa, além de levar uma imagem de bem-estar e diversão, a equipe formada por ex-jogadores como Dudu, Edson Santos, Guaraci, Baiaco, Merica, Osmar, Marcos Antônio, Xodô, Raimundinho, Alberto Leguelé, Dito, Renato Nascimento, Bebeto Campos, Uéslei, Ozéias, Zezéu, Edmilson, Marcelo Ramos e Robson Luis tem recebido bastante carinho da torcida e apoio das prefeituras.
 
Através do assessor geral, Emo, e de toda a comissão técnica, a Seleção Baiana agradece à FBF pelo apoio nas divulgações e pede ao  apaixonado por futebol que compareça ao evento.


Federação Bahiana de Futebol

O horário do jogo é às 16:30 no estádio de Quijingue

Recorte histórico: 1962, Emancipação Política de Quijingue-BA

O ano é 1962, dia da cerimônia de emancipação política de Quijingue-BA, com as presenças de personalidades ilustres da época.


Este é um registro raro da nossa história. A foto foi tirada em frente à casa do então coletor do Estado e principal figura deste período, Waldir Magalhães.


Na foto (da direita para esquerda): Waldir Magalhães, Newton Marques, a oradora Maria Andrade (Dona Maria da Pensão), o então deputado Gastão Pedreira, Antônio Rabelo, Joaquim de Brito Moreira (Quincas, pai do Oswaldo), Antônio Peba (Pai de Dona Marlene) entre outros tantos homens e mulheres que estavam presentes mas que infelizmente não aparecem nesta foto.


Do arquivo da família de Antônio Rabelo

NOTA DA ACAFAG

ACAFAG envia Nota ao Quijingue.com, rebatendo acusações veiculadas esta semana por um site/blog anônimo de Quijingue:



CALÚNIA !

INTERESSADOS EM PREJUDICAR O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA NO DISTRITO DE ALGODÕES E O PREFEITO ALMIRINHO EM QUIJINGUE LANÇAM DENÚNCIA MENTIROSA EM BLOG, QUE DIVULGA NOTÍCIA SEM  OUVIR NINGUÉM, PORQUE TEM INTERESSES POLÍTICOS POR BAIXO DOS PANOS ! 

A ACAFAG – Associação de Apoio Comunitário à Educação, à Cultura e à Cidadania não é uma “empresa fantasma” e opera no endereço indicado em Salvador, apenas não está utilizando todas as suas instalações, que compreendem três prédios preparados para abrigar cursos de formação profissional, porque neste momento os cursos não estão sendo realizados. O objetivo da denúncia (...*) é totalmente político e não tem base nem de investigação, nem legal. É calúnia, mentira, difamação!

As fotos publicadas no site são da frente do terreno onde está a ACAFAG, só que apresentam imagens do Prédio I, onde funcionou no local durante 20 anos uma Clínica Médica, e encontra-se vago, pronto para ser alugado. A ACAFAG funciona em três prédios atrás deste imóvel, neste momento mantendo suas atividades em duas das suas salas administrativas, já que não estão sendo ministrados cursos na instituição. Sem necessitar de toda a sua estrutura para gerir as negociações do programa Minha Casa, Minha Vida em 15 municípios baianos, o imóvel em pauta, poderá sim ser alugado, sem que isso atrapalhe em nada o trabalho da instituição junto ao programa do Governo Federal, nem de nenhuma das prefeituras atendidas. 

A ACAFAG - é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP - Nº. 08071.018729/2008-76 – concessão do Ministério da Justiça do Brasil.

A ACAFAG é uma Organização Social – O. S. - Resolução nº 004/12, publicada no D.O.E em 27/01/2012 – através da Secretaria da Administração do Estado da Bahia.

A ACAFAG é uma Entidade Organizadora – E. O. – com concessão do Ministério das Cidades - nº.009710.0404/2012-12.

A ACAFAG é uma entidade de UTILIDADE PÚBLICA MUNICIPAL- Lei nº 8.468/2013 – pela Prefeitura Municipal do Salvador - Bahia

A ACAFAG é pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede e domicílio fiscal sito a Estrada do Coqueiro Grande nº 126 - Fundos, Fazenda Grande II, CEP nº. 41.340-050, Cajazeiras, Salvador e pode celebrar com o poder público parcerias, onde, mediante qualificação e Contrato de Gestão, possam absorver a gestão e execução de atividades e serviços de interesse público.

HABILITAÇÃO DA ACAFAG NO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA - A habilitação de entidades privadas sem fins lucrativos, como entidades organizadoras, no âmbito dos programas de habitação de interesse social foi divulgada pela Portaria nº 105 de 2 de março de 2012 com nova redação do anexo III - Cronograma de habilitação de entidades privadas sem fins lucrativos - e outras providências dadas pela Portaria nº 291 de 28 de junho de 2012.

Entre os anos de 2009 a 2013  a ACAFAG capacitou 6.872 (seis mil, oitocentos e setenta e dois) educandos nos municípios de Salvador, Dias D’Ávila, Mata de São João e Feira de Santana nos cursos de Preparação do Ensino Fundamental, Preparação do Ensino Médio, Confeiteiro, Pedreiro Polivalente, Eletricista, Massagem Básica, Garçom, Auxiliar de Contabilidade, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Almoxarifado, Recepcionista de Clínicas, Operador de Caixa, Pedreiro Azulejista, Pedreiro Reparador, Pedreiro Azulejista Reparador, Pedreiro Gesseiro, Pedreiro Pintor, Eletricista, Encanador, Encanador Eletricista, Carpinteiro Armador, Carpinteiro Montador e Almoxarife.

A ACAFAG neste momento está operacionalizando contratos para o programa Minha Casa, Minha Vida em mais 14 municípios, além de Quijingue. 

FALAR MENTIRA NUM BLOG SEM COMPROVAÇÃO DE FATOS É CRIME.

ACAFAG

Grifos-nossos*

quinta-feira, 12 de março de 2015

Quijingue: Prefeitura reaproveita espaço do antigo açougue para a Educação

Em todo o município há muitos espaços vazios e inutilizados abandonados pelas gestões passadas, nesse sentido o Prefeito Almirinho (PT) anunciou que está elaborando meios de solucionar essa questão e reocupar esses espaços de uma maneira que seja útil para Quijingue.
Como exemplo dessa medida, o Prefeito ordenou a reforma e o reaproveitamento do espaço que era do antigo açougue pela Secretaria Municipal de Educação. O espaço foi reaproveitado e hoje já está funcionando o anexo da Secretaria de Educação, com 3 grandes salas, banheiros para funcionários e estudantes, cantina e uma grande sala de espera.

Três importantes ações serão desenvolvidas nesse anexo:

1. A sala dos Conselhos da Educação. 
2. O Centro Digital de Cidadania
3. A sala de Atendimento Psicopedagógico.


via Decom